25 out 2018

8 estratégias de benchmarking para melhorar o seu negócio

 

25 out 2018
Benchmarking é trabalhar com um ponto referencial para analisar as melhores práticas do mercado e comparar com as de um negócio. Estudando e avaliando a concorrência é possível encontrar soluções e aperfeiçoar ideias, não se trata de cópia, mas sim de se inspirar para melhorar o desempenho.
8 estratégias de benchmarking para melhorar o seu negócio

Imagem: Shutterstock

Empresas de grande, médio e pequeno porte
Não é porque um negócio é local que não pode se inspirar nas práticas de uma multinacional. Com um pouco de adaptação e criatividade pode-se aproveitar os bons exemplos e fazer benchmarking, mesmo que os recursos não sejam os mesmos.

É aconselhável avaliar mais de uma empresa e de cada uma extrair os pontos que forem julgados prioritários. Uma empresa maior, porém do mesmo segmento, outra de um nicho diferente, mas do mesmo porte. Quanto mais negócios para referenciar, mais insights de possíveis melhorias.

Tipos de benchmarking:

Interno
Antes de partir para o externo, é preciso uma autoavaliação. Estudar a própria empresa, ouvir clientes, identificar pontos altos e baixos são alternativas para descobrir o que precisa ser melhorado. A resposta pode estar dentro de casa.

Serviços e produtos
Testar produtos e serviços concorrentes, suas melhorias e novidades.

Vendas
Saber como são as vendas nos canais on e off, os preços, promoções e como é feito o atendimento ao cliente.

Processos
Comparar o desempenho, performance, objetivos estratégicos e de que formas outros negócios se organizam.

Financeiro
Tomar conhecimento sobre os investimentos, comparar gastos e margem de lucro.

Marketing
Monitoramento de redes sociais, presença digital, posicionamento e imagem.

Estratégia
Qual o plano de ação dos seus concorrentes e quais deles têm dado melhores resultados.

Produtividade
Qual a produção e o tempo investido em tarefas executadas com sucesso.

Deixe um comentário
Outros Posts
Comentários
Comentário